TÉCNICAS CONTEMPORÂNEAS DE DANÇA

O que é o curso?

O curso de Técnicas Contemporâneas de Dança também pode ser popularmente chamado de Dança Contemporânea. Essa vertente da dança surge na Europa no final do séc. XIX e buscava questionar os padrões da dança da época, principalmente o Balé Clássico. É uma linguagem que se estruturou a partir de um pensamento onde a dança pudesse acontecer em corpos diversos, e não mais padronizados, que trouxesse para a cena gestos cotidianos que se transformam a partir da repetição, que pudesse  também acontecer em lugares diferentes que não só o palco italiano, que se desprendesse da utilização das sapatilhas e pudesse explorar movimentações mais horizontais em relação ao chão, entre outras várias características. 

 

O que esperar dele?

 

No curso podem ser abordadas uma série de técnicas que servirão enquanto apoio para o desejo prático artístico de cada turma. Portanto, a aula é moldada a partir desse interesse particular de cada grupo de alunos, podendo ser trabalhadas técnicas de chão, rolamentos, alongamentos, técnicas de respiração, improvisação, composição coreográfica, entre outros. São pilares dessas aulas algumas práticas onde a consciência corporal, através da educação somática, tem grande importância no bom desenvolvimento da movimentação de cada aluno. Exercícios de criatividade também são muito explorados, onde crianças, adolescentes e adultos ganham espaço e apoio para criarem seus próprios gestos e movimentos.

 

Pra quem é?

  • Para crianças a partir de 6 anos de idade, jovens e adultos de todas as idades;

  • Para quem gosta de dançar livremente;

  • Para quem tem muita vontade de explorar sua criatividade;

  • Para quem tem interesse em se descobrir e se expressar através da dança;

  • Para que não se identifica com técnicas clássicas e busca descobrir outros caminhos na dança;

  • Para quem gostaria de desenvolver sua confiança e desinibição;

  • Para quem gosta de se reunir em grupo e dançar junto;

  • Para quem tem interesse em desenvolver trabalhos artísticos e levantar questões sobre corpo, vida e arte.


 

Pra quem não é?

  • Para quem acredita que o Balé é a base de tudo;

  • Para quem somente se interessa por técnica, beleza e forma;

  • Para quem busca somente uma atividade física para perder peso;

  • Para quem não se interessa por arte;