SAPATEADO

O que é o curso?

 

O ensino de Tap Dance no Uai Q Dança é fundamentado a partir da base da técnica do sapateado americano, cuja origem está na cultura preta. Ela é composta pelo repertório de passos (através de exercícios e criação), pelo repertório coreográfico e, acima de tudo, pelo estudo do improviso.  Prezamos pela pesquisa sonora, através dos fundamentos básicos da música e, pela pesquisa corporal, através de estudos de movimentos e da anatomia do corpo. Além disso, pensamos ser fundamental o estudo da história do sapateado e seu significado cultural em concomitância ao estudo da técnica dessa arte.

 

O que esperar dele?

 

Inicialmente, você não precisa de um sapato, podemos te emprestar até que você se organize financeiramente para adquirir o seu. Durante as aulas você estudará os nomes e os princípios motores dos passos de Tap Dance, ou seja, como o corpo deve se movimentar para que aquele passo seja realizado de forma consciente (sem dor ou incômodo) e com qualidade sonora. O mais importante é que você estudará muitos ritmos, além de aprender a construir os seus próprios, a partir do exercício da musicalidade e da criação sonora. Isso acontecerá a partir de jogos sonoros, estudo da música e escuta do corpo.

 

Para quem é?

 

  • Para qualquer tipo de pessoa a partir de 6 anos (não há limite de idade);

  • Para crianças que começam no balé clássico, mas não se identificam;

  • Para adultos que se perguntam se não é tarde para começar a dançar;

  • Para quem gosta de música e/ou já tem algum contato com a música através de algum instrumento;

  • Para quem busca uma atividade para relaxar, mas que ao mesmo tempo desenvolve sua coordenação motora e sua expressividade corporal;

  • Para quem acha que não tem coordenação motora;

  • Para quem gosta de jazz, blues, R&B, soul, hip hop, samba, bossa nova e pop;

  • Para quem gosta de dançar em conexão com a música, escutando-a e às pessoas e sons ao seu redor.

  • Para quem gosta de se apresentar no Palco seja ele grande ou pequeno;

  • Para quem é muito tímido e quer se soltar e se desinibir através da dança;


 

Para quem não é?

 

  • Para quem tem os ouvidos muito delicados e associa som ou música alta à barulho;

  • Para pessoas muito tranquilas que não gostam de agito;

  • Para quem tem como foco uma atividade física para perder peso ou definir o corpo;

  • Para quem não gosta de dançar;

  • Para quem tem preguiça, é desanimado e não gosta de desafios;

  • Para quem é muito tímido e não quer mudar;